Pubicado em: sex, dez 9th, 2016

VALE A PENA LER DE NOVO

Como já havíamos comentado, eles não se entendem: E já não se respeitam.

Veja essa matéria abaixo e muitas outras em nosso site:

 

A disputa do poder pelo poder em jogo

 

Screenshot_1
Enganam se aqueles que pensam que o processo de impeachment de Dilma começou com Eduardo Cunha na Câmara dos Deputados. Ele apenas forneceu as “ferramentas” e o local apropriado para deflagrar o processo que vinha sendo engendrado já há algum tempo.

Os mentores e autores da referida peça, estão fora do alcance dos poucos e fracos nacionalistas atuantes que nada puderam fazer, diante dessa desigual correlação de forças, que tem o poder e origem além de nossas fronteiras.

O elenco principal da peça por eles escrita, começou a ser montado e colocada em prática, assim que o resultado das urnas deu a Dilma a vitória no pleito de 2014. Com um faro aprimorado, seus algozes predadores logo perceberam se tratar de presa fácil, pois, além de ovelha e não cabrito, não tinha experiência de “comando político” por ter exercido suas funções relacionadas mais com as ciências exatas.

A partir daí, diretores, coordenadores, atores de primeira e de segunda linha, coadjuvantes e figurantes começaram a tomar suas posições de maneira estratégica e bem definidas visando dessa forma, obter o melhor resultado.

Devido a sua perspicácia, influência política e seu poder financeiro, creio que Cunha, fez e faz parte do primeiro escalão desse elenco, ou seja, se não foi o verdugo pagou a construção da forca.

Bem, a presa “denominada ovelha” já se encontra abatida, e, a desavença entre seus algozes (cães raivosos) vem logo em seguida pela partilha de seus despojos, porém, resta ainda o esperto cabrito para que o jogo siga, pois, ainda terão que aplacar a fúria do Cunha que também tinha anseios em ostentar a faixa de presidente nem que fosse por alguns meses, até 2018 somente para fechar o combinado, o que já não é mais possível. Ou será que lhe foi ofertado outra coisa? Só o tempo dirá e quem viver verá.

O certo é que a batata de Temer já começou ser assada, com que intensidade? Ainda não sei.

Tudo indica que em 2018 o bicho vai pegar ou melhor vão pegar o bicho, ou será o Brasil? Também não, creio que somente os brasileiros de classes mais baixas sofrerão, pois, o Brasil, é muito maior que o buraco que tem sido cavado para enterra-lo, e resistirá mais essa.

Assista o vídeo abaixo:

 

Alguns links sugeridos:

1 – AS TRÊS OVELHAS

2 – LAVA JATO EM CHEQUE

3 – A CRIMINALIDADE EM ALTA

4 – NÃO A REDUÇÃO PENAL, E SIM, APLICAR A PENALIDADE DESCONSIDERANDO A FAIXA ETÁRIA

Sobre o Autor

Antônio Evangelista Neves